20 de jan de 2014

Livro: A Queda dos Cinco

Fiquei um pouco em dúvida se devia escrever sobre este livro já que é o quarto de uma série mas resolvi que vale à pena comentar. Acho que vale ressaltar antes de mais nada que Os Legados de Lorien não é uma das minhas séries favoritas - não levem isso pelo lado pejorativo, apenas existem séries que eu gosto mais - mas enfim, vamos ao que realmente interessa: o que achei de A Queda dos Cinco?
Devo começar falando que, logo de cara, um dos personagens que mais gosto da série - Sam Goode - é um dos narradores da vez. Para quem já leu os livros anteriores (Eu Sou o Número QuatroO Poder dos Seis e A Ascensão dos Nove), sabe que todos eles foram narrados apenas pelos lorienos e ver um humano narrar é algo para se comemorar, já que temos uma outra perspectiva do que está acontecendo. É interessante ver como Sam se sente com tudo isso - afinal, não é muito comum que pessoas convivam com alienígenas - e o quanto ele se esforça para dar conta do recado. Além disso tudo, precisa lidar com o reaparecimento de seu pai, Malcolm Goode que têm muito o que contar...
John/Quatro está muito melhor nesse livro do que nos anteriores. Apenas para recapitular minha opinião sobre ele nos outros livros: no primeiro ele é uma graça mas nos outros dois livros John estava me deixando enraivecida com sua chatice. Mas voltando ao presente, John me parece bem mais maduro nesse livro e agora vejo o quanto ele é um verdadeiro líder para a Garde. Ainda temos a parte irritante dele - mais conhecida como "namoro com Sarah Hart" - mas nesse livro é agradável ver os dois juntos. 
Sarah está bem mais interessante nesse livro, não mais uma pobre humana indefesa e se mostra uma personagem com personalidade forte que está disposta à fazer de tudo para ajudar. Também algo que me chamou a atenção foi que tanto ela quanto Sam recebem um maior destaque nesse livro mostrando que os humanos também são parte essencial para a batalha contra os mogs.
Dou destaque também para a pequena Ella. No livro anterior - Ascensão dos Nove - temos uma prova do quanto ela é poderosa e que possivelmente é a chave para derrotar Setrákus Ra mas em A Queda dos Cinco vemos que seu papel é bem maior que isso (nota: eu ainda estou chocada com as revelações sobre Ella!)
Não há muito o que dizer sobre os outros personagens: Seis (eu amo essa garota/loriena!) continua sendo a durona de sempre; Marina (não me acostumo em chamá-la de Sete) está determinada a treinar e aperfeiçoar seus legados; Oito continua meio bobo (mas é impossível não simpatizar com ele) e Nove ainda é o mesmo cara marrento (que eu adoro!) só que duas vezes mais irritante. Além deles, também conhecemos o lorieno que faltava - Cinco - que é um cara bem estranho e Adam que apesar de aparecer pouco na história (apenas duas vezes!) já se mostra um personagem importante para o que vêm por aí.
A Queda dos Cinco é provavelmente o livro que eu mais gostei da série até agora, cheio de ação e momentos emocionantes. Mesmo não sendo uma das minhas favoritas, Os Legados de Lorien chama a atenção por lidar com alienígenas, o que é diferente do que estamos acostumados - vampiros, zumbis, anjos etc - e também pelo autor que soube muito bem nos encaminhar pela história, sempre com um gancho aos finais dos livros que fazem qualquer um ficar extremamente curioso com o que vai acontecer à seguir. Preciso dizer mais alguma coisa para convencer você à ler a série?
A Queda dos Cinco é o quarto livro da série Os Legados de Lorien escrito pelo pseudônomio de Pittacus Lore e é publicado aqui no Brasil pela Intrínseca.

Nenhum comentário:

Postar um comentário


Layout: Bia Rodrigues | Tecnologia do Blogger | All Rights Reserved ©